Início / Destaque / Abastecer vai ficar mais caro em Minas a partir de janeiro
Abastecer vai ficar mais caro
Aumento do ICMS de álcool e gasolina entrará em vigor em janeiro

Abastecer vai ficar mais caro em Minas a partir de janeiro

Com a nova lei, litro de gasolina e álcool terá aumento de 2%. IPVA de caminhonetes de cabine dupla ou estendida também sofrerá aumento.

O deputado Tito Torres VOTOU CONTRA o aumento do álcool e da gasolina. A alta do ICMS desses combustíveis, proposta pelo Governo do Estado, foi aprovada nesta quinta-feira (1/6), ironicamente, no dia em que é comemorado o “Dia da Liberdade de Impostos”. O IPVA para alguns veículos também ficou mais caro.

Com a nova lei do aumento de impostos, a partir de janeiro, serão elevadas as alíquotas de ICMS sobre a gasolina (de 29% para 31%); o álcool (de 14% para 16%); o solvente destinado à industrialização (18% para 31%) ou a outros fins (25% para 31%); e operações de importação de mercadorias ou bens integrantes de remessa postal ou de encomenda aérea internacional (18% para 25%).

Outra mudança que assusta é o aumento do IPVA de caminhonetes de cabine dupla ou estendida, que terá um aumento de 3% para 4%. Na prática, o valor do IPVA será 33% mais caro. Uma caminhonete cabine dupla com valor aproximado de R$50 mil, por exemplo, paga atualmente cerca de R$1.500 de IPVA. Com a nova alíquota, o imposto subirá para R$2mil.

Aumento nas bombas
De acordo com o Mercado Mineiro, o preço médio do litro de gasolina nos Postos de Belo Horizonte, Contagem, Betim, Ibirité e Santa Luzia é de R$3,518, e do etanol é de R$2,508. Com a nova alíquota de ICMS aprovada, o contribuinte passará a pagar R$3,588 pelo litro de gasolina e R$2,558 pelo litro de etanol.

Além disso, verifique

Deputado conversa com mulheres que aguardam realização do exame no primeiro dia de atendimentos do Caminhão da Mamografia em João Monlevade

Caminhão da mamografia vai realizar mais de 1200 exames em João Monlevade

No dia dez de abril, o deputado Tito Torres ao lado da secretária municipal de ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>