Início / Destaque / Sancionados projetos que doam trechos de rodovias para Rodeiro e Caparaó
12240363_1642210052697620_2762938382270943510_o

Sancionados projetos que doam trechos de rodovias para Rodeiro e Caparaó

Os projetos de lei de autoria do deputado Tito Torres, que autorizam o Poder Executivo a doar trechos de rodovias para os municípios de Rodeiro e Caparaó, foram sancionados pelo governador Fernando Pimentel na sexta-feira (20/11), portanto, agora se tornaram leis.

O projeto de lei 1.109 de 2015, solicita a doação do trecho da Rodovia AMG-2985 – do Km 9 ao Km 11,2 – que liga a rodovia MG-111 ao município de Caparaó. O objetivo imediato é a construção de uma pista de caminhada que beneficiará cerca de 2 mil moradores.

Segundo Tito Torres, o trecho que é bastante utilizado por moradores, vem apresentando um crescente movimento ao longo dos anos e já conta com iluminação pública e calçamento. “Essa doação irá possibilitar a realização de melhorias para atender de forma satisfatória à população caparaoense”, ressalta o parlamentar.

O segundo projeto aprovado, o 1.196 de 2015, concede o trecho da Rodovia LMG 850 – do Km 9,250 ao Km 11,40 – que corta o município de Rodeiro em área urbana. O intuito do município ao receber a doação é reestruturar a via criando um trevo/rotatória e um canteiro para dividir parte do trecho. A finalidade é melhorar o tráfego e a segurança para motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres, inclusive o tráfego em horário de pico dos estudantes – um dos públicos que mais fazem uso da via.

“A municipalização desse trecho, de fato, contribuirá para a melhoria da circulação de pessoas e veículos, visto que a gestão, a manutenção e a operação dessa via passarão a ser feitas pela administração municipal, conhecedor maior das demandas da comunidade local”, finaliza o deputado Tito Torres.

publi

Além disso, verifique

18814505_929691647171795_6206860748721240265_o

AME é beneficiada com aprovação de lei de Tito Torres

A ação social de dona Maria Efigênia tem um novo capítulo com a conquista do ...

Deixe uma resposta