Início / Notícias / Rodovia da morte é tema de discurso do deputado Tito Torres
Foto: Marcelo da Fonseca/Estado de Minas

Rodovia da morte é tema de discurso do deputado Tito Torres

O deputado Tito Torres endossou críticas quanto à morosidade da duplicação da BR-381 durante fala em Plenário na quarta-feira, dia 12 de agosto. “ São diversas mortes na BR-381 a que a gente vem assistindo, infelizmente, há vários anos”. O parlamentar ainda aproveitou a oportunidade para ressaltar as falhas do governo federal em relação a rodovia. “O governo Lula, o governo Dilma usaram a BR-381 como trampolim político. E a gente vê realmente, que essas obras não conseguem sair do papel”, ressalta Tito Torres.

As últimas notícias sobre as obras de duplicação da BR-381 mostram vários sinais de abandono. Segundo matéria publicada no Jornal Hoje em Dia, no dia 31/07, já são, ao todo, mais de 166 quilômetros de obras abandonadas na Rodovia da Morte. Já em reportagem publicada no Jornal Estado de Minas, no dia 05/08, ao longo da BR-381 é possível ver diferentes cenários da duplicação: em alguns lugares as obras avançam e em grande parte do trecho as obras estão paradas, foram abandonadas ou sequer começaram.

Por fim, o deputado Tito Torres ressaltou a questão da cobrança do preço do pedágio na Via 040. “ Foi um erro cometido pelo governo federal, que não soube fazer direito a concessão, e os pedágios estão aí hoje”, afirmou o parlamentar, lembrando que o edital da BR–040 foi falho e permitiu que a duplicação inicial fosse concentrada em Goiás. Quem passa pela BR-040, no trecho entre Brasília e Juiz de Fora, na Zona da Mata, precisa pagar pedágio desde o dia 30 de Julho. O valor do pedágio varia de acordo com o tipo de veículo, entre R$ 4,60 – carros de passeio, caminhonetes e furgões – e R$ 27,60 – veículo com seis eixos.

 

Veja o vídeo:

Além disso, verifique

Tito Torres garante mais de R$ 8 milhões para a infraestrutura de municípios

Ruas calçadas ou pavimentadas são importantes para a qualidade de vida e desenvolvimento econômico. Afinal, o barro e a poeira não são apenas incômodos, eles também podem causar problemas de saúde e prejuízos. Além disso, vias esburacadas atrapalham o transporte de produtos e serviços. Por isso, investir em obras de infraestrutura foi uma preocupação do deputado Tito Torres em 2021. Ao todo, ele destinou mais de R$8 milhões para a infraestrutura de municípios.

Deixe uma resposta