Início / Notícias / Abertas as inscrições para curso da ALMG sobre o Marco das OSCs

Abertas as inscrições para curso da ALMG sobre o Marco das OSCs

Objetivo da atividade a distância é preparar os participantes para a realização de parcerias com o poder público.

Vão até o dia 16 de março as inscrições para a terceira edição do curso a distância sobre a Lei Federal de Fomento e Colaboração (13.019, de 2014), que compõe o Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil (MROSC). Serão oferecidas 1.200 vagas, destinadas a servidores públicos e profissionais das OSCs.

O objetivo é preparar os participantes para a operacionalização de parcerias com o poder público. O curso, oferecido pela Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, vai apresentar conceitos e normas gerais do MROSC e evidenciar como a nova legislação modificou a forma de trabalho no desenvolvimento de projetos e ações de execução das políticas públicas.

A atividade ficará disponível no ambiente virtual da Escola do Legislativo entre 21 de março e 27 de abril. Os inscritos serão divididos em quatro grupos de 300 participantes, cada um dos quais com um tutor à disposição.

O curso conta com o apoio das Secretarias de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social (Sedese) e de Governo de Minas Gerais (Segov) e do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais.

Como participar – As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pela plataforma de ensino a distância. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (31) 2108-3400.

Fonte: Site da ALMG

Além disso, verifique

Área da Saúde é beneficiada com mais de R$ 18 milhões através do trabalho de Tito Torres em 2021

Unidades Básicas de Saúde e hospitais com estoque de insumos e materiais hospitalares em dia. Treze ambulâncias para transporte de pacientes e acompanhantes, além de cinco aparelhos de tomografia para hospitais de referência em diferentes regiões de Minas. Este foi o saldo do trabalho de Tito Torres para a área da saúde em 2021. Ao todo, a atuação do deputado garantiu mais de R$ 18 milhões para prefeituras e entidades hospitalares.

Deixe uma resposta