Início / Destaque / Projeto que pretende vender imóveis do Estado deixa de tramitar em regime de urgência
Foto da Cidade Administrativa
Sede do governo é um dos imóveis que consta na lista do PL 4.135/17

Projeto que pretende vender imóveis do Estado deixa de tramitar em regime de urgência

Prédio que abriga a UEMG em João Monlevade é retirado da nova lista apresentada.

O Projeto de Lei 4.135/17, que cria os fundos imobiliários, não tramita mais em regime de urgência. A decisão foi comunicada na Reunião Ordinária de Plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais nesta terça-feira (23/5) após um dia inteiro de embates entre deputados governistas e da oposição. Tito Torres, que é vice-líder do bloco de oposição Verdade e Coerência, defendeu em Plenário a retirada de urgência do projeto que, se aprovado, permitirá ao Estado vender ou hipotecar milhares de imóveis públicos.

“Conseguimos retirar a urgência na tramitação deste projeto porque é preciso estudar a nova lista apresentada, estudar a viabilidade do projeto e mostrar à população o grande erro que o Governo irá cometer. Graças ao empenho do bloco de oposição, a relação total caiu de mais de 6 mil para aproximadamente 5 mil. O prédio que abriga a UEMG em João Monlevade, por exemplo, foi um dos que saíram da lista”, explica o deputado Tito Torres.

O parlamentar afirma que vender os imóveis é uma medida equivocada que o governo pretende tomar para fazer caixa e arrecadar dinheiro rápido, sem levar em conta os prejuízos para os mineiros.  Dentro do prazo de 50 anos estipulado pelo projeto, o governo deverá ter pago cerca de R$ 35 bilhões em aluguel, valor quase nove vezes superior ao montante de R$ 4 bilhões que pretende arrecadar com a medida.


Saiba mais:
Justiça suspende tramitação de projeto que hipotecará imóveis do Estado

Tito Torres apresenta emenda para impedir que Governo do Estado coloque a venda prédio da UEMG em Monlevade

 

Além disso, verifique

Deputado conversa com mulheres que aguardam realização do exame no primeiro dia de atendimentos do Caminhão da Mamografia em João Monlevade

Caminhão da mamografia vai realizar mais de 1200 exames em João Monlevade

No dia dez de abril, o deputado Tito Torres ao lado da secretária municipal de ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>