Início / Destaque / Audiência vai debater o aumento da criminalidade em João Monlevade

Audiência vai debater o aumento da criminalidade em João Monlevade

Atendendo a requerimento do deputado Tito Torres, encontro ocorrerá na segunda-feira (30), na Câmara Municipal do município.

O deputado Tito Torres é autor do requerimento para realização da audiência pública, que acontece na segunda-feira (30/11), às 9:30 horas, na Câmara Municipal de João Monlevade. O encontro conta com a participação da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, com o objetivo de discutir o aumento da criminalidade e da violência no município.

“Os monlevadenses estão estarrecidos com os casos de violência que estão acontecendo no município, como a ocorrência do latrocínio que vitimou o comerciante Inácio Alves Viana”, ressalta Tito Torres, acrescentando: “Queremos debater nesta audiência pública possíveis soluções para que o cidadão de bem possa ir e vir do trabalho, da escola, de todos os lugares, com segurança”.

Diante da morte do comerciante e do aumento da criminalidade no centro comercial, na semana anterior, lojistas levaram cartazes à Câmara de João Monlevade exigindo dos parlamentares mais ações voltadas à segurança. Empresários fecharam as lojas mais cedo e juntamente com os funcionários participaram da manifestação.
“É importante ressaltar que as polícias Militar e Civil vem atuando de forma efetiva para a redução da criminalidade. Um dos grandes problemas enfrentados por esses órgãos é o envolvimento de menores na maioria dos crimes, justamente por terem tratamento diferenciado, conforme legislação vigente”, finaliza o deputado.

Governo de Minas reduz verbas e criminalidade cresce no Estado
Segundo dados do Sistema Integrado de Administração Financeira de Minas Gerais (Siafi-MG), Os investimentos nas polícias Civil e Militar em Minas Gerais caíram 84% nos primeiros sete meses de 2015 com relação ao mesmo período do ano passado. Enquanto foram destinados R$ 84,8 milhões para as corporações entre janeiro e julho de 2014, no mesmo período de 2015 o montante foi de R$ 13,7 milhões. A queda mais acentuada foi no investimento da Polícia Civil (PC), que recuou 89%. Os gastos com a Polícia Militar (PM) reduziram 80%.
Segundo o portal do PSDB-MG, no primeiro semestre deste ano, os crimes violentos em Minas tiveram crescimento de 12,83%, na comparação com janeiro a junho do ano passado. Somente a taxa de roubos cresceu 17,15% em todas as regiões do Estado.

Além disso, verifique

Logomarca do projeto Recomeça Minas

Aprovado plano que pretende incentivar a economia mineira

De autoria de todos os parlamentares, o Projeto de Lei (PL) 2.442/21, que traz o ...

Deixe uma resposta